O Poder da Corrente...

Essa noite tive insônia mais uma vez, ao contrário de um amigo meu, mesmo eu lutando muito as vezes minha mente tem dificuldades de se desligar, a dele as vezes tem dificuldade de ligar, ele sente um cansaço horrendo, dorme um tempão e acorda cansado, e eu não durmo... Ontem, depois de um dia exaustivo de brincadeiras no parque, pik-nik e muito sobe e desce de escorregadores com a neném, eu estava completamente exausta, com uma dor de cabeça horrível, ela - a neném -  dormiu antes das 20hs, eu consegui ir deitar só as 22hs, uns vizinhos faziam uma batucada estranha daquelas de "chamar chuva" - não era nem samba, nem umbanda (admito que prefiro o som da segunda, acho um batuque animado daqueles de "levantar até os mortos" rs) - era o tipico tentar fazer bagunça de uma festa bêbados. O som me agulhando na cabeça ficou até eu adormecer, sonhei que estava visitando o blog de um amigo que fôra internado e que haviam atualizado o bendito blog com noticias do rapaz. Meu olhos simplesmente abriram as 24hs, sem cansaço algum, eu parecia ter dormido dois dias, o corpo ainda estava dolorido, mas a mente... Acordada como uma coruja... Não consegui sequer fechar os olhos... Minha mente girou por duas horas, visitei cada amigo dessa corrente que se firmou aqui...Levantei, deitei, fumei, deitei de novo, levantei, fui ler de pé na cozinha - tentativa em vão de ficar cansada - levantei e deitei... enquanto isso, minha mente rodou quase que o Brasil todo, orei, deitei, achei melhor orar ajoelhada, deitei de novo...


Passei horas pensando em vocês, meus amigos em recuperação- os amigos que amo de uma forma especial e que de uma forma especial sei que me amam - pensei em como é estranha e louca essa corrente - uma corrente de recuperação. Tenho amigos hj de quase todas as irmandades anônimas de 12 passos, tanto amigos "reais" como amigos "virtuais", e sinceramente eu não sei qual o lado que mais conhece a Cicie de carne, osso e entranhas.


Fazemos parte de uma corrente única, uma corrente que não está primordialmente interessada em fazer o bem para o próximo, como é a essência do filme "A corrente do Bem", onde teoricamente o mundo se tornaria melhor se cada um de nós fizesse bem a mais três pessoas e essas três a mais três assim...
Também não fazemos parte de uma corrente de afortunados escolhidos a dedo, para nos tornarmos cada vez mais poderosos, nem de uma corrente "contra isso" ou "a favor daquilo". Essa corrente, não é uma corrente de oração de cunho religioso, ou uma corrente "magica" daquelas que recebemos por e-mail e desesperadamente passamos adiante com o medo de sermos "atingidos por algum castigo mágico".


Não somos corrente de aço, corrente eléctrica, corrente alternada, corrente marítima, corrente filosófica, ou conta-corrente...
Somos uma corrente de Experiência, Força e Esperança, todos aqueles que fazem parte dessa corrente, já se sentiram afectados ou perderam o controle de suas vidas por conta de alguma adicção - me refiro aqui a palavra adicção no seu contexto mais amplo : "falta de controle - se tornar escravo de".
Não nos tornamos elos dessa corrente porque apoiamos uma causa, nem porque nos simpatizamos por alguma propaganda de Tv, nos tornamos elos por atracção, por identificação.  "Nossa política de relações públicas baseia-se na atracção, não em promoção; na imprensa, rádio e filmes precisamos sempre manter o anonimato pessoal"


Partilhamos nossas Experiências, nossos sentimentos não para que sejamos enaltecidos pela nossa dor ou por nossa vitória, mas porque nos sentimos livres e ao mesmo tempo protegidos. "O anonimato é o alicerce espiritual de todas as nossas Tradições, lembrando-nos sempre de colocar princípios acima de personalidades."


Dividimos nossas Forças, não porque somos solidários e nos agrada dividir - mesmo sendo em várias ocasiões - mas porque aprendemos que essa troca de energia nos ajuda a renovar sempre nossas próprias energias internas. "Eu dou de graça o que de graça eu recebo"


Compartilhamos Esperança, porque muitos de nós venceram o mal interior e contrariando muitas estatísticas sobreviveram para contar uma história, uma história com personagens  e paisagens diferentes a cada contar, mais ainda a mesma história, a história da recuperação. Fazemos isso não porque alguns de nós sejam melhores que outros, ou porque ao contar nossas histórias seremos promovidos em nossa vida pessoal - embora alguns o sejam - mas porque visitamos os mesmos lugares, e mesmo que as viagens tenham sido feitas solitariamente, todos nós entendemos e sentimos as expressões desses lugares foram geradas, expressões como : "fundo poço", "luz no fim do túnel", "ajuda", "caminhada", "recaída", "dor da recaída", "primeiro passo", "os passos", "a sala", "meu grupo", "companheiro", "tamú junto", "só por hoje".  Entre nós não importa a quanto tempo vc chegou,se está no topo ou no fundo, se chegou agora ou a muitos anos, se chegou gordo ou magro, rico ou pobre, chorando ou rindo, o que importa é que eu cheguei, que vc chegou e oramos para que muitos que ainda sofrem consigam chegar. Nessa corrente não existe hierarquia, o que chegou hoje, conforta aquele que ha muitas 24hs se senta na mesma cadeira, o que cede o ombro hoje pode chorar no ombro daquele que se enxugou lagrimas ontem, e assim, sorrimos juntos, choramos juntos, partilhamos juntos, ajudamos-nos mutuamente, porque aqui nessa corrente só existe uma autoridade - Um Deus Amoroso - e até nisso não há "obrigatoriedade", pois até a nossa única autoridade é entendida por nós como cada um O concebe."Cada grupo tem apenas um único propósito primordial - levar a mensagem ao adicto que ainda sofre." - "Para o nosso propósito comum existe apenas uma única autoridade - um Deus amoroso que pode se expressar na nossa consciência coletiva." - "


Se você chegou agora, e não se identificou, pode estar se perguntando: - Por que?
Eu poderia discorrer horas e horas, ou melhor linhas e linhas de uma autêntica e bem explica teoria sobre os grupos de ajuda mútua, ou grupos anônimos, ou como usualmente somos conhecidos Grupos de 12 Passos. Mas acho que fica mais gostoso e encantador lhe apresentar de uma forma mais clichê, e que por incrível que pareça da forma pela qual eu fiquei... uma forma especialmente simples e incrivelmente espiritual, eu lhe apresento...
"Os pequenos milagres que ditos nunca foram prometidos"
"não há situação tão difícil que não possa ser amenizada ou dor tão grande que não possa ser superada"
"Dor é inevitável, sofrimento é opcional"
"Recaídas fazem parte do processo, não da recuperação"
"Um Poder Superior como eu o concebo"
"Viva e deixe viver"
“As boas vindas que lhe damos, talvez não demonstrem todo o carinho de nossos corações por você, porém depois de um certo tempo, você descobrirá que nos ama de um modo muito especial, do mesmo modo que já amamos você ”
"Eu te amo de um modo especial, incondicionalmente"


.... E por quê continuamos por aqui???... Bem... porque:


"Tudo estará bem enquanto os laços que nos unem forem mais fortes do que aqueles que nos afastariam."




7 comentários:

Anônimo disse...

Pô Cicie,
você, hoje, se superou! Representou legal. Disse coisas que eu sentia e
não tinha como dizer. Foi fantástica!
Espelhou beleza de sentimentos e princípios. Hoje eu não estava afim de
escrever nada e, parece que você resolveu sintetizar pensamentos, sentimentos, desejos e vontades em um único despertar. Menina, você tocou minha alma.
Te amo, companheira. Serenidade, coragem e sabedoria!
P.S. - Hoje você foi a "mulher invisível". Deus tá vendo!

VALEU A PENA disse...

Cicie, o que dizer das suas postagens! Menina eu me divirto, mesmo o assunto sendo sério.
Somos sim, uma corrente virtual, que embora não nos conhecemos pessoalmente, somos capazes de desejarmos coisas boas umas as outras somente pelo fato de termos pelo menos a mínima noção do sofrimento da outra, por já termos vivido situações diferentes...
É isso aí amiga, estamos juntas, remando para o mesmo paraíso...
Beijos

Gaby disse...

Gata!
Que texto lindo de se ler, me senti tão protegida e amada, me senti parte dessa corrente! me senti dentro de alguma coisa, dividindo experiencias, com pessoas iguais a mim, pessoas que passam pelo que eu passo... Adorei, você escreveu perfeitamente sobre isso, não sei se outra pessoa conseguiria melhor, texto perfeito!
Senti que não estou sozinha, que fiz amigos virtuais, que, não tenho dúvida nenhuma, me conhecem muito mais e melhor, do que alguns reais.

Enfim...amei!

Beijos gataaaa! ;*

··¤(`×[¤Cici¤]×´)¤·· disse...

Esqueci de dizer que este post não foi feito só por mim, mas por todos nós, por todos vcs que fazem parte dessa corrente!Desculpem pelos pequenos erros, consertarei-os...

disse...

É muito bom ter essa corrente, foi através dessa corrente que eu soube como reagir, e descobri que existem pessoas na mesma situação que eu!!E assim me sinto mais forte, com cada comentário e cada publicação que vou lendo e aprendendo cada dia mais!! Um grande abraço!!

Registrando a Vida disse...

Bom Cicie ja falaram tudo que eu queria dizer rsrs

Entre lagrimas escrevo
Que não te conheço assim como não conheço nenhum dos que sigo no blog, mas te amo e me sinto amada, não somos ligados por uma dor, mas por uma compreensão da dimensão dessa dor.
Também me sinto protegida aqui, e sei que de alguma forma posso fazer esta corrente se estender para o mundo real, dando meu ombro para os que realmente precisam.
Obrigada eternamente por vocês todos existirem.
Posso dizer que foi através das mãos de vocês que salvei minha vida.
Obrigadaaaa
e te amo e amo a todos daqui

Tandorí Tiamat disse...

Belo e comovente post.
É muitíssimo bom sentir essa acolhida, nesse momento tão difícil que estou passando... ainda que vários meses já se tenham passado.

Meus Companheiros, me sinto honrada em fazer parte dessa corrente, daqui por diante, Só Por Hoje!!

Obrigada, Cicie, por me convidar a ser um elo dessa corrente!

Tamu Junto, Companheiros!
SPH.

Tandorí Tiamat.

 

··¤(`×[¤Cicie e Ana¤]×´)¤··

"Insanidade é fazer as mesmas coisas, esperando resultados diferentes." Descobrimos que sozinhas não conseguiríamos, mas que com pessoas que buscam as mesmas vitórias, nos sentimos mais fortes,menos solitárias, e mais conectadas com nosso Poder Superior. Um dia de cada vez a gente junta um ano.

Free CSS Template by CSSHeaven.org TNB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...I