Eu & Você... S2?


Nos últimos meses, eu tenho ouvido muitos familiares falando de limites, para o outro...

É uma coisa de :
- Você DEVE...
- FAÇA...
- VÁ...
- Você TEM QUE...
- Você... Você... e VOCÊ !!!

E aí? E o "eu"?

Eu não preciso de recuperação?
Ah é... como vou fazer minha recuperação se preciso policiar a recuperação do outro?


Eu não devo ir buscar ajuda mim?
Ah é... como posso ter tempo para ir numa reunião/terapia se preciso levar, esperar acabar e trazer o outro da "sala", do "grupo", da terapia?


Eu não necessito de ajuda?
Ah é... eu não sou doente, quem usa drogas é que é, estranho eu não ter sido afetada por uma doença que terapeuticamente foi comprovado que ela afeta de 10 a 15 pessoas próximas ao dep químico. Estranho eu não ter sido afetada... Estranho... Eu surto ás vezes é verdade, eu facilito a maioria das vezes é verdade, eu sinto culpa, eu coloco a culpa do meu desespero e descontrole no outro, mas isso deve ser normal, uma pessoa que tem na família uma pessoa doente deve fazer o mesmo...


Eu não tenho que me lembrar de ser feliz? De buscar resolver meu defeitos de caráter?
Ah é... eu sou perfeita, não tenho defeitos de caráter, sou honesta, não invento histórias para justificar o sumiço do meu familiar quando ele é internado ou está no uso, eu não tenho auto - piedade, afinal não uso as atitudes do outro para justificar minha infelicidade!


... A verdade é que vai ser sempre assim...

Sempre pessoas chegando, sempre pessoas indo... mas poucas ficando pra aguentar o tranco que é a jornada do auto conhecimento...

Hoje eu aceito, faço meus limites para mim, não para dar pinta de justa frente aos vizinhos ou amigos, nem para fazer o outro sofrer... mas sim para que eu não sofra mais... para mim basta!
Sofrimento só se for para abrir o baú dos meus defeitos de caráter e trabalha-los...

Hoje,mais do que nunca,acredito que recuperação não é para quem precisa e sim PARA QUEM QUER!!!

Aceito a vontade do outro de continuar vivendo no auto engano, afinal olhar para si mesmo pode, muitas vezes, ser assustador!

beijos, amo vcs incondicionalmente!

6 comentários:

Poly P. disse...

Aiiii, que saudades que eu estava de você e suas palavras!!!
Obrigada por me fazer lembrar que o foco da minha recuperação sou eu mesma...
Te amo,Cici!

Kel disse...

Disse tudo...tem que aguentar o tranco...e tem que querer de verdade...rs...é fácil não...rs..

adicto em recuperação disse...

Show!!
Muito massa!!
Excelente para quem precisa e quer iniciar seu quarto passo. rsrrs
Belíssima postagem, amiga!
Abração e bons momentos.
TAMUJUNTU.

Anônimo disse...

Convenhamos colegas...o que é fácil...tudo tem o seu preço e suas consequencias...dificil mesmo é olhar para si, buscar no fundo do nosso ser o que é realmente verdadeiro e aceitar, modificar e perceber que o segredo sempre estará dentro de nós...sempre!!!

beijos, amooooo vcs!!! TMJ

Tati M. Lopes

Anônimo disse...


Certa vez, o povo de uma vilarejo decidiu se reunir no centro do lugar para rezar pedindo por chuvas...Mas apenas um garoto trouxe guarda-chuva.
Isso é FÉ;

Quando você joga um bebê de um ano de idade para o alto, ele gargalha porque sabe que na queda alguém irá segurá-lo.
Isso é CONFIANÇA ;

A cada noite, antes de dormir, não temos garantia nenhuma de que estaremos vivos na manhã seguinte, mas, ainda assim, colocamos o despertador para tocar.
Isso é ESPERANÇA.


Que nunca lhe falte FÉ, Confiança e Esperança !!!

Emily disse...

Falou tudo Cici !!!! A recuperação é pra quem quer, não é fácil, porém é necessaria, pra mim é muito necessaria!!! brigadinha !! bjs

 

··¤(`×[¤Cicie e Ana¤]×´)¤··

"Insanidade é fazer as mesmas coisas, esperando resultados diferentes." Descobrimos que sozinhas não conseguiríamos, mas que com pessoas que buscam as mesmas vitórias, nos sentimos mais fortes,menos solitárias, e mais conectadas com nosso Poder Superior. Um dia de cada vez a gente junta um ano.

Free CSS Template by CSSHeaven.org TNB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...I