COMO INTERNAR COMPULSORIAMENTE NO BRASIL - CLINICAS DE CONTENÇÃO.

Amigos em recuperação colocaram vários posts interessantes sobre internação etc.... Sugiro a visita: http://soporhoje2.blogspot.com/

Prefiro não me posicionar nem a favor nem contra a quem recorre as ditas "clinicas de contenção" , uma porque só quem sabe o desespero de ver um familiar se matar é que pode contar sua história. Acho que cada caso é um caso. Clinicas que cometam atrocidades Só estão vivas por que pessoas desesperadas tomam atitudes desesperadas.



Eu não conheço uma unica pessoa que tenha sido internada "compulsoriamente" nesteas clinicas de "contenção" com a devida documentação. Porque?Sobre uma coisa eu tenho opinião sim....
PRA SER INTERNADO COMPULSORIAMENTE É NECESSÁRIO QUE A PESSOA SEJA INTERDITADA,E NISSO O MINISTÉRIO DA SAUDE E O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA AJUDAM.... EM PORRA NENHUMA!!!!! (desculpem o palavrão, mas não consegui demonstrar minha indignação de outro jeito)





,OK... VAMOS A UMA HISTÓRINHA???



O Jovem Xis.... dependente quimico na ativa... em momentos de crise.... furta sua casa... e as vezes tem quadros de violencia exacerbada.... (ok.... personagem um)



Dona Pêpa, mae de xis... co-dependente na ativa... em momentos de crise já chamou a policia, mas sempre retirou as queixas, afinal sabe que seu filho não é marginal, é um doente que precisa de ajuda...mas que não a aceita...

(ok... personagem 2)



Dona Pêpa, descobriu que para pedir ajuda a uma clinica particular para que Xis seja internado ela precisará, que dois medicos psiquiatras deêm o "atestado de incapacidade" a Xis... Mas como levar Xis aos médicos????



Dona Pêpa, então tem uma idéia brilhante!!! Vai chamar o Samu(Ambulancia da prefeitura), mas é claro que isso só pode acontecer quando Xis estiver em crise... e daí tem de vir a policia!!! Mas daí Xis pode correr o risco acabar sendo condenado a cumprir pena em das "cadeias psiquiatricas" de Sp....



E agora Dona Pepa???? CLINICA CLANDESTINA DE CONTENÇÃO OU PENITENCIARIA PSIQUIATRICA?



Ah... Dona Pepa tb já tentou entrar com recurso juridico.... "TEM ADVOGADO COM PROCESSO DE INTERVENÇÃO", mas a primeira audiencia não rolou.... pq Xis não apareceu.... nem na audiencia...nem na pericia...



E Xis? Onde está? Dona Pepa o viu 2x no ultimo mês, a primeira foi um dia que ouviu um barulho de madrugada e foi espiar pela janela, viu Seu pequeno filho Xis, revirando o "quartinho de bagunças" atrás de alguma coisa, quando ele a viu, saiu correndo para a rua como se estivesse fugindo de algo.

E a ultima? Ah... a ultima vez foi na tv, num programa de reportagem... ela não se lembra bem o nome...Lembra que a reportagem falava sobre drogas e mostrava um ponto do centro... ela assistia horrorizada as pessoas andandando de um lado para o outro...a Cracolândia...ela me falou com o olhar de quem perdeu a batalha ..."Ele era apenas um monte de ossos revestidos de pele, vagando como um zumbi..."

Ao fundo ouviamos a musica de Paulo Diniz, E agora José?








6 comentários:

VALEU A PENA disse...

Que postagem fantástica, uma realidade vivida por muitas mães. Bom seria se fosse somente uma história não é mesmo?

Anônimo disse...

Contenção é uma coisa, outra bem distinta é enganar famílias inteiras simulando tratamentos, enquanto se enche os cofres com dinheiro ganho de modo desonesto e tirado de gente honesta, com propositos honestos. Clínica que brinca com seres humanos mereciam fechamento e punição dos proprietários. Tem clínicas que não tem metodologia, pedagogia, filosofia, quadros de pessoal qualificado e, mesmo assim, se instalam no ramo. Soluções radicais, também, nada resolvem. O que resolve é fazer com que o adicto na ativa abra as portas interiores para sua própria recuperação. De resto, NA e AA e suas correlatas irmandades, para familiares, surtem muitos bons resultados e, as clínicas, de modo geral, só confiam o resto do tratamento as citadas irmandades. Outro detalhe: clínicas fechadas são grave equívoco. O ser humano livre do desespero encontra sempre as melhores saídas, as vias mais honestas e sensatas. Quando um adicto começa a enveredar para o crime, creio, o recurso é a contenção, sem que a família o abandone, pois conheço casos de gente que acabou entrando com esperança de recuperação e saiu pior do que entrou. Pior que isso: sem esperança. Conheço o caso de um amigo que entrou numa situação dessas e nunca mais voltou para a realidade. O pior é que a família dizia que preferia vê-lo morto a te-lo drogado. Os extremos são contraditórios e terriveis. No final cabe a pergunta: aonde fica o amor? Chato falar em amor nos tempos atuais, não é mesmo? Todo mundo ama e ninguém se entende, ou não?

··¤(`×[¤Cici¤]×´)¤·· disse...

Como eu disse no começo do post, "pessoas desesperadas tomam atitudes desesperadas". Sei que esse post seria causador de polêmica, alias torci por isso...
Companheiro Anonimo, concordo com você em relação a existir punição àqueles criminosos que se camuflam de clinicas/comunidades terapeuticas e que de terapia nada entendem.
Concordo também que a melhor e mais sadia atitude é esperar/rezar/torcer para que o adicto que esteja sofrendo tenha um despertar espiritual e procure/peça ajuda.
Mas as vezes, ouvindo uma partilha aqui e outra ali, ou assistindo a reportagens sobre a Cracolândia, sobre essa droga nova o Oxi, ou até mesmo sobre o crack, eu me pego pensando se esses seres humanos envolvidos nessa realidade: Cracolândia-Oxi-Crack, tem algum dicernimento do mundo a sua volta, se esse ser-humano...alias se a mente/espirito desse ser humano ainda tem forças de lutar contra e gritar por ajuda...Não sei... as vezes me pego chorando, me perguntando por que o PS abandonou essas familias... Me questiono se isso tudo não esteja acontecendo para que nós tomemos atitudes, fazendo pressão nos órgãos publicos, para que algo seja feito!!!
As vezes também me pergunto: Onde está o amor? O Amor Próprio... O Amor Incondicional...
As familias estão tão doidas qto os adictos, um joga a responsabilide no outro, as familias culpam os doentes por serem doentes e os doentes culpam as familias por estarem doentes.
Agora... eu me pergunto...
O que vamos fazer????
E Sim... O que VAMOS fazer????
Acho que todos que conseguiram um pouquinho de serenidade e de sanidade, seja numa clinica, num hospital, numa irmandade de 12 passos, numa igreja, em casa sozinho, etc. pode ajudar divulgando, falando, praticando o 12passo, orando, fazendo um post, sei lá... As pessoas estão perdidas e suas familias também... E na minha opinião o trabalho formiguinha funciona sim... Afinal se eu ajudar uma familia que for,um adicto, já estarei feliz...
Dificil né amigo??? rs... Mas ninguém disse que seria fácil não é mesmo?

Anônimo disse...

Impressionante como o mundo da adicção ficou reduzido a, quase que,uma droga demolidora denominada crack e suas variantes: oxi, merla...
O desastre da pandemia agora apavora pois deixou de ser um problema unicamente das favelas. Trata-se de uma droga de fácil disseminação vez que, com pouco dinheiro, muita gente acaba virando traficante, enchendo os quarteirões das cidades desta porcaria infeliz. Famílias, antes adoecidas, adoecem acometidas por esta nova chaga social, agravando a convivência dentro do lar. Instala-se o caos, todos discutem e ausenta-se a razão. A loucura rouba a cena até que um raio de lucidez traga o discernimento perdido por todos, incluindo os insensiveis espectadores desta nova tragédia que acomete famílias e coletividades inteiras. Há, no caso do crack, um completo despreparo. De repente a questão das drogas desperta outras questões correlatas, como a do tratamento, recuperação e internamentos suscitando novas discussões, incluindo o amor, que é, dentre todos os antidotos, o mais eficaz e o menos utilizado. O amor precisa ser redescoberto e o que devemos fazer é busca-lo...O amor no sentido mais vasto da palavra e no sentido mais amplo do sentimento. Sem amor não há espiritualidade alguma capaz de ajudar quem carece de recuperação. Concordo com suas opiniões!

Só Por Hoje disse...

Durante algum tempo andei pensando em escrever sobre o submundo do crack, mas é dificil encontrar força que cause o minimo de inspiração. Desisti. Sei que é um mundo marcado por tragédias particulares, onde as classes se misturam e, os mais abastados, são os que mais sofrem, quer pelo próprio padecimento das drogas, quer pela mentalidade criminosa que os cercam. Tudo é muito triste. De resto é um submundo sustentado por gente inescrupulosa e que envolve muitos policiais nesta atividade criminosa. O combate ao trafico deve ser intensificado e os policiais que atuam no mesmo merecem investigação imediata e, quando for o caso, prisão. Os dependentes químicos merecem compaixão...é dificil, sim, tanto quanto triste. Não tenho inspiração alguma para falar desta droga.

··¤(`×[¤Cici¤]×´)¤·· disse...

Falemos então da magia que acontece do outro lado desta triste realidade amigo!!!
A MAGIA DA RECUPERAÇÃO!!!!
Vamos unir forças e falar as pessoas que vale a pena buscar ajuda, que vale a pena controlar a co-dep, a compulsão, a dep quimica...
Vamos falar da magia de estar irmanado, do Poder Superior se manifestando nas palavras do outro!!!

VAMOS FAZER A CORRENTE DA RECUPERAÇÃO!

Alias... talvez falando de coisas boas conseguimos atrair e amanar mais luz... a nós e àqueles que ainda sofrem
paz e serenidade companheiros

 

··¤(`×[¤Cicie e Ana¤]×´)¤··

"Insanidade é fazer as mesmas coisas, esperando resultados diferentes." Descobrimos que sozinhas não conseguiríamos, mas que com pessoas que buscam as mesmas vitórias, nos sentimos mais fortes,menos solitárias, e mais conectadas com nosso Poder Superior. Um dia de cada vez a gente junta um ano.

Free CSS Template by CSSHeaven.org TNB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...I